Propriedade privada

Olavo de Carvalho

Quem acha que a ‘propriedade privada’ pode ser o princípio fundante de uma teoria política, baseando nela todos os demais direitos, inclusive o direito à vida, não sabe o que é um princípio, nem o que é um direito, nem muito menos o que é vida. Entre as expressões ‘propriedade do próprio corpo’ e ‘propriedade de um terreno em Vila Nocunhé’ existe um salto enorme de uma metonímia jurídica para um conceito descritivo rigoroso. O corpo só pode ser uma propriedade se supusermos por trás dele um sujeito incorpóreo que o possui e que pode existir sem ele. Neste caso as almas, independentemente dos corpos, seriam pessoas físicas titulares de direitos e poderiam comparecer incorporalmente a um tribunal para defendê-los. No mundo real, o corpo vivo não é uma propriedade, mas uma condição prévia para que alguém tenha propriedades. Basta isso para alguém entender que o direito à vida não…

Ver o post original 130 mais palavras

Anúncios