Apenas mais um

Fui apenas mais um entre os milhões de brasileiros doutrinados pelas cartilhas desse filho-da-puta (com a devida vênia a profissionais que jamais abusam de seus clientes – pelo contrário, são geralmente abusadas).

Saí do ensino médio em um dito colégio católico e tradicional a mais imperfeita bosta pomposa, composto, não sei se igualitariamente, de ateísmo e comunismo; mas sei melhor que ninguém o que se passou para Deus, não sei nem bem por quê, me livrar do profundo vazio existencial que me restara, herança maldita dos anos da infância.

Como o eu que eu era há ainda uns milhões. Milhões sem semelhante sorte, permanecendo cativos de uma ideologia-de-força com a qual lhes vestiram seus próprios tutores. E houve, sim, porque sempre os houve, porque sempre os há, também muitos que, com pior fortuna, preferiram antes abraçar o Nada – como eu preferiria – e não mais estão presentes para relatar suas histórias.

http://www.escolasempartido.org/livros-didaticos/316-uma-geracao-de-doutrinados

Anúncios